A praça está de cara nova

Em junho de 2012, lançamos nosso blog, a Praça da Teologia, com os seguintes parágrafos:

 

Uma praça é um lugar para encontrar amigos, sentar e bater um papo. Ou um lugar para ir sozinho e refletir sobre assuntos que estão lhe importunando.

A princípio, a Praça da Teologia é um lugar para bater papo e refletir sobre teologia. Mas essa praça é um pouco diferente: não é só para teólogos e pastores e o assunto não é só teologia. Chamamos este blog de Praça da Teologia porque teologia é o que nos move, mas você encontrará de tudo aqui.

Nosso intuito nesta praça é informar, dialogar, debater e até divertir. Esperamos criar um canto na web que você irá visitar com frequência. Queremos seus comentários, sugestões e críticas.

Então, seja bem-vindo. O banco tem lugar para mais um, o dia está ensolarado, e o papo está só começando.

 

Em 2012, o site era novo e a EBR estava empolgada com novidades, novas ferramentas e um futuro promissor.

Ao passar dos anos, porém, aconteceu o que acontece com muitas praças: o mato cresceu, as pombas chegaram, a flores não foram podadas direito e a tinta nos bancos começou a desbotar e descascar.

O que não mudou foi nosso desejo de ter um lugar legal para bater um papo com você, nosso caro amigo, de discutir certas ideias permanentes, de fazer a nossa mensagem — o nosso evangelho — conhecida. Então estava na hora de podar as árvores, refazer o paisagismo, pintar os bancos e retomar o diálogo. Aliás, isso vale para o site inteiro.

Você verá algumas coisas velhas, porém com uma roupagem nova. Também verá muitas coisas novas. Os preços estão mais acessíveis, os produtos mais fáceis de encontrar, o visual mais atraente, a interatividade mais convidativa e a EBR mais profissional. Então, como dizíamos antes:

 

Seja bem-vindo. O banco tem lugar para mais um, o dia está ensolarado, e o papo está só começando.

 

Mark A. Swedberg